Home
Biografia
Esculturas
Contato
Capela Sistina

A Pietá de Michelangelo é de admirável perfeição. Nos encanta e inquieta ao mesmo tempo

A Pietá de Michelangelo é a perfeita visão de anatomia humana modelada pelas mãos de nosso grandioso artista aos 23 anos de idade.

A virgem Maria segura o filho Jesus morto nos braços, uma cena trágica, porém inspirou Michelangelo em mais uma de suas importantes criações conhecida como "A Pietá de São Pedro" ou simplesmente a "Pietá de Michelangelo."

A Pietá foi esculpida no melhor mármore do mundo, o mármore de Carrara.

A polidez do mármore realça a beleza, a doçura e a jovialidade da virgem. Nenhum detalhe nesta obra fica inacabado, ela foi totalmente polida e finalizada.

O contrato da Pietá foi firmado em 1498, e a encomenda foi feita por Jean Bilhères de Lagraulas, cardeal francês no papado de Alexandre VI. Lagraulas pretendia colocar a escultura de mármore em seu memorial.

Dentro de um ano, em 1499 a Pietá foi concluída. O contrato foi cumprido fielmente em todas as suas cláusulas no que diz respeito ao prazo, perfeição e beleza da escultura.

O cardeal Lagraulas faleceu antes de ver a sua encomenda finalizada, mas, de acordo com sua vontade a escultura inicialmente foi colocada na capela dedicada a nação francesa no Vaticano(Santa Petrolina).

Em 1749 a imagem foi transferida para a capela de Nossa Senhora das Febres(velha sacristia de São Pedro).

Hoje se encontra na Basílica de São Pedro no Vaticano, no lado direito de quem entra na igreja.

Em 1972, aconteceu algo inusitado que nos separou de apreciar de perto a bela Pietá. Um louco entrou na igreja de São Pedro e golpeou com um martelo a cabeça da virgem, atingindo de cheio o olho esquerdo e a ponta do nariz da belíssima escultura.

Por causa deste ato de Vandalismo, foi colocada uma redoma de vidro inquebrável para proteger a escultura de Michelangelo.

A perfeição da Pietá encantou e ainda encanta os visitantes e inquieta os artistas.

Michelangelo compôs a imagem de Jesus dentro da limitação do corpo da virgem, de modo que este coubesse no manto e assim nos dá a idéia da ligação entre mãe e filho.

"Giorgio Vasari"(pintor e arquiteto italiano conhecido por suas biografias de artistas italianos), registrou: "É de maravilhar que, a mão do artifício, pudera divina e propriamente fazer em pouquíssimo tempo algo tão admirável."

Penso que devido a tamanha beleza e perfeição, Michelangelo autenticou a sua Pietá o que não fez com as outras obras.